Início » Bebê / Criança » Crianças na cozinha – o que elas aprendem?

Crianças na cozinha – o que elas aprendem?

fullsizerender-5

Esta semana resolvi pôr em prática aqui em casa uma dica muito interessante, que chegou até mim há algum tempo, mas eu ainda não tinha conseguido encaixar na minha rotina. Estou me referindo ao envolvimento de crianças na preparação de alimentos. Levar as crianças para a cozinha, ensina-las um pouco sobre os alimentos e permitir que participem da preparação de alguns pratos.

Essa medida simples traz inúmeros benefícios não só para as crianças, mas para toda a família. Quer saber quais?

  • O momento reforça os laços de envolvimento familiar;
  • As crianças passam a compreender a importância de colaborar e participar das atividades da casa;
  • As crianças aprendem o sentido de tempo, da necessidade de esperar para que a comida fique pronta. Isso vai na contramão do imediatismo a que estão acostumadas. É preciso explicá-las que preparar biscoitos exige um tempo maior que abrir o pacote que está na despensa. Esse ensinamento torna as crianças mais pacientes e equilibradas;
  • A experiência é o momento ideal para apresentar novos alimentos, estimulando a curiosidade por novos sabores e enriquecer o vocabulário dos pequenos com novas palavras;
  • A criança se sente útil e mais madura por participar do processo;
  • A participação da criança permite que uma atividade da casa se transforme em momento de brincadeira. Assim, os pais não precisam deixar os filhos de lado (ou na tv, que é o que geralmente ocorre)  enquanto estão na cozinha;
  • A criança se interessa mais pelo alimento que ela mesma preparou;

Se tudo isso ainda não te convenceu, você precisa ver a carinha de orgulho e satisfação que eles fazem quando o alimento, finalmente, fica pronto. Aqui foi encantamento total e, é claro que eu registrei todas as fases do processo para dividir com vocês!

Antes, deixa só eu dizer o que fizemos. Escolhi uma receita super prática de cookies integrais com geleia de morango do livro “Bela Cozinha, As receitas da Bela Gil”. É claro que tinha que ser algo super saudável, rápido e que a Marina pudesse participar do preparo com facilidade.

Trata-se de um doce nutritivo, feito com ingredientes integrais, gorduras de fácil digestão que ajudam a fortalecer o sistema imunológico, além do açúcar proveniente do melado de cana que é super natural.

Então, vamos ao processo!

Ingredientes

fullsizerender-1

2 xícaras (chá) de farinha de aveia;

3 colheres (sobremesa) de semente de chia triturada;

1 pitada de sal marinho;

6 colheres (sopa) de melado de cana;

6 colheres (sopa) de azeite extravirgem;

3 colheres (sopa) de óleo de coco;

2 copos de morangos orgânicos cortados ao meio;

1 colher de sopa de água.

Modo de preparo

fullsizerenderMassa

Misture os ingredientes secos (farinha, chia e sal).

Em outra tigela, misture os ingredientes molhados (melado, azeite e óleo de coco).

Despeje a mistura líquida sobre os ingredientes secos e mexa com uma colher.

Após misturar bem, sua massa deverá ficar como a da imagem.

Nesse processo, apresentei a Marina cada um dos ingredientes que iam sendo adicionados às misturas e permiti que ela mexesse com a colher, sempre segurando a tigela de vidro, é claro!

Ela se divertiu demais e achou engraçado o nome dos ingredientes, especialmente, a palavra “chia”. Ficou repetindo diversas vezes rsrsrs…

Geleia de morango

Coloque a água em uma panela e deixe ferver. Adicione o morango. Reduza o fogo e tampe a panela. Deixe cozinhar por 20 min. em fogo baixo, mexendo de vez em quando para não grudar. Se o morango secar muito, coloque mais água e mexa bem. Os morangos devem desmanchar e ficar com consistência pastosa.

Se você preferir, pode adicionar 2 colheres de sopa de melado de cana para adoçar. Eu fiz assim porque a Marina não gosta muito do sabor azedo do morango e ficou uma delícia.

Aqui temos os morangos no início do processo e como fica a geleia depois de pronta. Inclusive, ela pode ser conservada em um pote fechado na geladeira, para ser consumida no café da manha ou lanches diários com torradinhas, outros biscoitos, o que você preferir.

 Depois de aprontar a geleia, inicie a preparação dos cookies.

Faça os biscoitos pressionando no centro para criar um espaço para botar a geleia. Depois que estiverem todos prontos numa fôrma, adicione a geleia com um colher de chá.

Essa, sem dúvida, foi a etapa mais divertida. Marina adorou botar a mão na massa e preencher os buraquinhos dos biscoitos!

Para terminar, leve ao forno por 20 minutos a 180ºC de temperatura. Assim que saírem do forno, os biscoitos devem estar macios. Espere esfriar para retira-los da forma e servi-los acompanhados de chá, café, suco (para as crianças) ou bebida de sua preferência.

Espero que tenham gostado da receita, que possam experimentá-la e envolver toda a família na fabricação dos biscoitos. Como vimos, muito mais do que um simples alimento, esse momento se desdobra em aprendizado, diversão e muito afeto.

Um final de semana recheado de doçuras para todos vocês!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s